Point_Of_View_Serafim

JOÃO PAULO SERAFIM

“Camera (Obscura) a múltiplos pontos de vista”

Esta intervenção prende-se com uma prática que vem da fotografia, mas tem, também, a sua génese associada a dispositivos de observação da realidade e a auxiliares do desenho. Consiste numa camera obscura onde convergem múltiplos pontos de vista e que tem capacidade para receber mais do que um observador no seu interior. Ao longo dos séculos, vemos dispositivos como o agora proposto, ao ar livre, levados por artistas que procuravam representar a natureza. Interessa explorar aqui a relação desses dispositivos com a paisagem e com a produção de imagens paisagísticas. O dispositivo proposto terá, também, o papel de um objecto, vagamente escultórico, colocado na natureza, construído e habitável, oferecendo-se ao olhar.

BIOGRAFIA

Formado em Fotografia e Artes Plásticas no Ar.Co, escola onde leciona no Departamento de Fotografia desde 1998. Em 2005 participa no Curso de Fotografia do programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística, tendo em 2008 frequentado o curso de História de Arte da Universidade Nova de Lisboa. É ainda tutor no 2º Curso de Fotografia do programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística. Em 2005 foi vencedor do 3º Prémio Purificacíon García. Desenvolve desde 2005 o projeto MIIAC – Museu Improvável Imagem e Arte Contemporânea, museu ficcionado baseado numa pesquisa iconográfica de um acervo pessoal, construído ao longo do percurso do artista. O MIIAC, composto por fotografias de diversas origens e tipologias, bem como por extensa bibliografia, materializa-se virtualmente ou através de exposições em diferentes espaços, combinando memórias pessoais e coletivas.

Esta pesquisa estende-se ainda aos funcionamentos museológicos, incidindo sobre as zonas de bastidores como arquivos e bibliotecas, refletindo acerca dos modos de organização, processamento e qualificação de informação visual.  O trabalho do artista encontra-se representado em diversas coleções públicas e privadas nacionais e estrangeiras, tais como; Centro de Arte Moderna da Fundação Gulbenkian, Fundação EDP, Fundação PLMJ, Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Arquivo Fotográfico de Lisboa,  Museu da Imagem de Braga, Fundação Portuguesa das Comunicações, Coleção do Novo Banco, Purificacíon Garcia, Centro de Arte Contemporâneo de Málaga, Espanha.

OUTRAS OBRAS DE JOÃO PAULO SERAFIM

João Paulo Serafim

19:16